Como fazer um projeto de pesquisa

Tempo de leitura: 9 minutos

Olá! Espero que tudo ótimo! Está aí há algumas horas ou dias tentando descobrir Como fazer um projeto de pesquisa? e ainda não conseguiu começar a escrever? Está se sentindo perdido ou inseguro sobre como executá-lo? Quem sabe ainda, com pouco prazo para resolver esse pepino na sua vida e quer saber se eu posso te ajudar, certo? Leia até o final que vou te apresentar um passo a passo para você conseguir elaborar um bom projeto de pesquisa, ok?

O que é e por que saber como fazer um projeto de pesquisa é importante?

O projeto de pesquisa é o primeiro escrito da pesquisa científica. Ele é composto por uma série de itens que apresentarei ao longo desse post.

Ele é de suma importância: um projeto bem planejado evita algumas (ou diversas) dificuldades ao longo da pesquisa.

Algumas pessoas preparam um pré-projeto (normalmente porque o professor pede) antes do projeto enquanto outros alunos só são solicitados a realizar um pré-projeto (como se fosse um esboço do projeto ou um miniprojeto, digamos assim) e depois fazer direto a monografia ou o TCC. Se o seu caso for o do pré-projeto, pode seguir as mesmas etapas explicadas aqui, mas de forma breve (eu diria no máximo 2 ou 3 páginas). Pergunte sempre a seu professor ou orientador o limite de páginas que o o pré-projeto ou projeto deve ter. Essa informação será um guia fundamental para a elaboração do projeto.

A única coisa que se faz antes do pré-projeto ou do projeto são os estudos preliminares para ver o estágio atual do assunto que você quer desenvolver, isto é, o quanto já foi pesquisado sobre isso e assim identificar um bom problema de pesquisa para você pesquisar dentro desse assunto. Uma ida a biblioteca e uma pesquisa no google acadêmico podem já te dar uma primeira noção do assunto, suficiente para você já se familiarizar inicialmente com a bibliografia e escrever a parte do embasamento teórico do seu projeto, que falaremos adiante.

Partes do projeto

Markoni e Lakatos (2010), as autores que inspiram esse post que escrevo, afirmam que os itens que compõem o projeto (os quais você deve expor/escrever nessa exata ordem), na verdade, procuram responder a uma série de perguntas. Os itens e as perguntas são:

  • Apresentação: quem? (autoria)
  • Objetivo: para que? para quem?
  • Justificativa: por que?
  • Objeto: o que?
  • Metodologia: como? com que? onde? quanto?
  • Embasamento teórico: como?
  • Cronograma: quando?
  • Orçamento: com quanto?

Vamos ver cada uma delas.

Quem?

Trata-se da apresentação do projeto, onde você vai indicar a autoria: autores, coordenadores, instituição em que ele será desenvolvido, quem o financia. Normalmente, todas essas informações estão na folha de rosto de um projeto. Clique aqui para ver a página 2 desse documento como exemplo do que é uma folha de rosto.

Para que? Para quem?

Aqui, você ira escrever o objetivo da sua pesquisa

Nessa parte está incluído o tema, a delimitação do tema, o objetivo geral e os objetivos específicos.

O tema é o assunto que você quer pesquisar. Mas o tema geralmente é muito amplo e precisa ser delimitado. Por isso, a delimitação do tema é onde se apresenta as especificações desse tema (delimitações) que tornam aquilo que você deseja pesquisar em algo “pesquisável”. Por exemplo, vamos supor que você queira estudar “desenvolvimento rural brasileiro”, o que seria seu tema. Sua pesquisa precisa especificar bem esse tema. Então você pode construir delimitações tais como: a política de crédito rural (delimitação de política pública) do Banco do Brasil (delimitação institucional) entre os anos de 2010- 2017 (delimitação temporal). Viu como a partir do tema, a gente vai “afunilando” até chegar a um objeto de pesquisa que torna a pesquisa possível?

Além de apresentar o tema já delimitado, ainda nesse item apresenta-se o objetivo geral, que é o objetivo central da pesquisa, no caso, para que ela está sendo feita e os objetivos específicos, que são caminhos para alcançar o objetivo geral ou tornar o objetivo geral aplicável a casos concretos. Os objetivos são apresentados em frases ou tópicos iniciados por verbos. Clique aqui para ver os principais verbos que iniciam as frases de objetivos (Compreender…, Demonstrar…, Observar…, Identificar…, Comparar…)

Por que?

Trata-se da justificativa/ relevância, um parte super importante, principalmente para fins de aprovação de financiamento (quando for o caso)

Aqui você apresenta a importância científica e social da sua pesquisa, ou seja, porque é importante desenvolver a pesquisa que você vai fazer. Também é interessante que você apresente justificativas tanto de ordem teórica quanto de ordem prática (por exemplo: confirmar ou refutar a teoria X; especificar casos particulares em que ela se aplica ou não; classificar a teoria; esclarecer ou preencher lacunas deixadas pela teoria; descobrir soluções de casos gerais ou particulares; etc.)

O que?

A parte que se trata de seu objeto de pesquisa.

Aqui você apresenta qual o seu problema de pesquisa, isto é, a pergunta central que sua pesquisa pretende responder.

Além dela, você pode elaborar hipóteses, afirmações que tem a característica de serem suposições e serem provisórias, já que você ainda não elaborou a pesquisa na qual você procurará prová-las ou refutá-las. Você pode ter uma hipótese básica e outras hipóteses secundárias.

Assim também você pode apresentar quais as variáveis que serão analisadas em sua pesquisa. Uma hipótese normalmente relaciona duas ou mais variáveis, isto é, sexo, idade, gênero, classe, características, agentes, fenômenos, problemas, etc.

Toda pesquisa é guiada por um problema de pesquisa, logo, esta etapa está presente em qualquer projeto. Mas a hipótese e as variáveis não estão presentes em todas as pesquisas.

Como? Com que? Onde? Quando?

Trata-se da metodologia

É o que responde a pergunta “Como?” aqui diz respeito à forma com que a pesquisa será desenvolvida, com que método será realizada.

Nela, você deve apresentar:

  • o método de abordagem (se é indutivo, dedutivo, hipotético-dedutivo ou dialético);
  • o método de procedimento (se é histórico, etnográfico, estatístico,…);
  • quais as técnicas que você utilizará (se análise de conteúdo e/ou discurso, observação direta, questionários, testes, pesquisas de mercado, entre outras, indicando como se pensa classificar os dados para análise);
  • como é a população que é seu universo de pesquisa (pessoas ou objetos com a característica em comum x ou y);
  • que tipo de amostragem (probabilística ou não probabilística);
  • em casos de pesquisa com amostras (quais características e quais processos de seleção envolvem, tais como amostra simples, sistemática, aleatória, etc).
Outro “como” a ser respondido é a linha de pensamento orienta a pesquisa

Embasamento teórico

Aqui é a parte interpretativa e explicativa da sua pesquisa, onde você apresenta:

  • a teoria de base, que é o autor ou escola de pensamento que é seu ponto de partida;
  • a revisão bibliográfica ou revisão de literatura, que é o conjunto de autores que apresentam o desenvolvimento daquele campo de estudo;
  • a definição dos termos, que são os conceitos centrais da sua pesquisa, para que não fique nenhuma ambiguidade. Isso é necessário porque autores distintos podem ter definições distintas para uma mesma palavra/conceito. Por exemplo, “cultura” é um termo com implicações distintas para linhas de pensamento diferentes – estruturalista, simbólica… – dentro da antropologia).

Os itens acima são OBRIGATÓRIOS em qualquer projeto de pesquisa, seja de TCC, monografia, dissertação ou tese. Soma-se a eles a Bibliografia que deve ser escrita ao final do projeto.

Em muitos projetos, contudo, são solicitados mais dois itens que são:

Quando?

O Cronograma

Aqui você precisa demonstrar com um cronograma, muitas vezes feito com um quadro (que muitos chamam equivocadamente de tabela) no qual você apresenta em quanto tempo você executará a pesquisa e quais as fases dela (fase de revisão bibliográfica, campo, redação, entrega), provando que você será capaz de chegar ao final da pesquisa no tempo hábil que você dispõe para desenvolvê-la. Para ver um exemplo de cronograma, clique aqui.

Com quanto?

O Orçamento

Aqui você precisa apresentar quanto dinheiro será necessário para você concluir a pesquisa que está desenvolvendo. Normalmente, esse item faz muito sentido quando o projeto também serve para solicitar financiamento de pesquisa em alguma instituição. Algumas vezes, pode ser feito só como uma demonstração de que não se trata de uma pesquisa custosa, o que provaria que você poderia desenvolvê-la sozinho(a), sem dificuldades, caso de muitas pesquisa realizadas durante a graduação, mestrado e doutorado. Para ver um exemplo de orçamento, clique aqui.

Markoni e Lakatos (2010) ainda apresentam um “como?” referente aos instrumentos de pesquisa, que pode ser a apresentação do roteiro de entrevista ou do questionário utilizado para a coleta de dados.

No fim de todo o escrito, apresenta-se a Bibliografia, isto é, o conjunto de todo o material consultado que foi citado no projeto (seja conteúdo de citações diretas, indiretas, paráfrases, documentos, legislações, filmes, fotografias, etc) apresentada de acordo com as normas da ABNT.

Gostou? Te ajudei a como fazer um projeto de pesquisa?

É claro que há algumas palavras aqui que são vocabulários técnicos que compõem um projeto de pesquisa como objeto, objetivo, hipóteses, etc. Se você não sabe nem como começar mesmo depois desse post, recomendo que você veja com mais calma cada um desses itens em livros de metodologia científica. Muitos deles dedicam um capítulo ou um subitem calmamente explicado para cada um deles.

Por hoje é isso. Se curtiu, Compartilhe no Facebook

Faça parte da fanpage. Inscreva-se no canal do youtube.

Conte-me se este post lhe foi útil ou se resta dúvidas.

Meu trabalho é voltado para resolver a dificuldade dos alunos que estão se debruçando com as angústias e dúvidas dos trabalhos acadêmicos. Realizo aulas particulares para dirimir essas dúvidas. Caso tenha ficado interessado em uma aula comigo, entre em contato pelo email consultoriaemmetodologia@gmail.com. Será um prazer ajudá-lo.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *